Juliana Escobar

Minha produção acadêmica: artigos e outros trabalhos

12.7.10

O blog como ferramenta estratégica para a comunicação organizacional num momento de crise: um ensaio sobre o Blog da Petrobras

Análise do Blog da Petrobras – Fatos & Dados considerando a apropriação feita pela companhia de uma ferramenta web como instrumento de comunicação organizacional, especialmente como parte de estratégia de comunicação de crise. Avaliação crítica da polêmica prática adotada nos primeiros dez dias de existência do blog: postar as perguntas enviadas por jornalistas à Petrobras, e respectivas respostas da companhia, antes da publicação do texto final pelos veículos de imprensa.

Aprovado para apresentação na Divisão Temática 3 – RP e Comunicação Organizacional – durante o Encontro dos Grupos de Pesquisas em Comunicação no XXXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Curitiba. Set - 2009)

Texto na íntegra em PDF:
O blog como ferramenta estratégica para a comunicação organizacional
num momento de crise: um ensaio sobre o Blog da Petrobras
criado por Juliana Escobar    0:17 — Arquivado em: Artigos aprovados para apresentação em congressos — Tags:

22.1.09

Blogs como nova categoria de webjornalismo

Resumo

Desde que o webjornalismo começou a se configurar, surgiram diferentes iniciativas que buscaram explorar o que diversos autores (Deuze, 2002; Palácios, 2003; Díaz Noci, 2005b) consideram, com algumas coincidências, como características próprias do jornalismo na web. Características que são, a nosso ver, potencialidades do ambiente www no que diz respeito à disposição e à divulgação de qualquer tipo de conteúdo.  Consideramos que as tecnologias, e muito especialmente as de comunicação, não determinam os fenômenos socioculturais, mas os condicionam. Ao estudá-las, portanto, é preciso considerar as apropriações que delas fazem os agentes humanos, conscientes de que são sempre processos complexos que geram influências recíprocas. Para descobrir o que o blog, como tecnologia, pode trazer para a prática profissional do jornalismo, realizamos um estudo de caso, tendo como hipótese a possibilidade de o jornalismo de blog estar se configurando como uma nova categoria para o webjornalismo. Adotamos a perspectiva que considera, no desenvolvimento tanto do jornalismo quanto das tecnologias de comunicação, aspectos de continuidade mais do que os de ruptura.

Artigo publicado no livro Blogs.com - Estudos sobre blogs e comunicação (Org. Adriana Amaral, Raquel Recuero, Sandra Montardo). Lançado durante a Campus Party Brasil em janeiro de 2009. Livro integralmente disponível online
Texto na íntegra em PDF:
Blogs como nova categoria de webjornalismo
criado por Juliana Escobar    21:54 — Arquivado em: Artigos publicados em livros

Artigo a quatro mãos

Pesquisa de recepção do programa de rádio Prosa Rural: propondo uma metodologia

ESCOBAR, Juliana; MIURA, Juliana

RESUMO

Proposta de metodologia para a realização das pesquisas de audiência e de recepção do Prosa Rural, programa de rádio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Com o intuito de se conhecer o real alcance do programa, o perfil de seus ouvintes, sua opinião quanto à linguagem e formato adotados e ainda se os conteúdos apresentados atendem aos seus interesses, propõe-se a realização de uma pesquisa quantitativa do tipo survey e de uma pesquisa de recepção com o uso de grupos focais. O Prosa Rural foi criado em 2004 como instrumento de divulgação científica a fim de levar ao conhecimento de jovens e pequenos produtores da agricultura familiar os resultados das pesquisas desenvolvidas pela Embrapa. Hoje, é veiculado em todo o País por mais de mil emissoras, que se tornaram parceiras da iniciativa.

Artigo apresentado na Sessão Comunicação Audiovisual (cinema, rádio e televisão), da Altercom – Jornada de Inovações Midiáticas e Alternativas Experimentais, integrante do XXXI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Intercom (Natal / Set. 2008)

Texto na íntegra em PDF:
Pequisa de recepção do programa de rádio Prosa Rural: propondo uma metodologia
criado por Juliana Escobar    21:24 — Arquivado em: Artigos apresentados em congressos

Blogs e ethos jornalístico: o que há de novo?

Resumo

Considerações sobre a apropriação jornalística que profissionais reconhecidos fazem do blog (entendido como ferramenta web que gera um modelo específico de site). Questionamos se tal apropriação exerce alguma influência sobre o ethos profissional destes jornalistas, alterando em alguma medida o que entendem por “ser jornalista” e por “fazer jornalismo”. Considerando o que Nelson Traquina denomina de pólo ideológico da profissão, o artigo busca identificar alguns traços próprios do “fazer jornalístico de blog”. Busca ainda trazer à tona novos questionamentos a respeito do ethos profissional dos jornalistas.

Apresentado no NP de Jornalismo do VIII Encontro dos Núcleos de Pesquisa do Congresso Nacional da Intercom (Natal/ Set. 2008)
Texto na íntegra em PDF:
Blogs e ethos jornalístico: o que há de novo?
criado por Juliana Escobar    21:05 — Arquivado em: Artigos apresentados em congressos

21.1.09

Blog jornalístico e as possibilidades de debate público: uma análise do Blog do Noblat

Resumo

Este artigo surgiu a partir da dissertação de mestrado que defendemos em maio de 2007 e
também dá prosseguimento a questionamentos suscitados em outros dois artigos: A febre dos blogs
de política
e Blog do Noblat: jornalismo sobre novas bases produzidos antes mesmo da
conclusão da dissertação. Se nestes dois artigos o contexto extraordinário de um escândalo político
foi o foco principal das reflexões apresentadas, nosso intuito agora é bem diferente: nos debruçamos
sobre um período ordinário, em que a cobertura jornalística política não esteve influenciada por
qualquer acontecimento capaz de atrair a atenção do público além do normal. Nosso interesse era
investigar se, nestas condições, um debate público de fato se estabelecia no Blog do Noblat e, neste
caso, quais seriam as especificidades desse debate. O que poderia trazer de novo para o público
leitor?

Apresentado na SC7–Política e Internet - I do II Congresso da Associação Brasileira de Pesquisadores em Comunicação e Política - Compolitica (Belo Horizonte / Dez.2007)
Texto na íntegra em PDF:
Blog jornalístico e as possibilidades de debate público: uma análise do Blog do Noblat
criado por Juliana Escobar    16:36 — Arquivado em: Artigos apresentados em congressos

Blogs jornalísticos como objeto de estudo: uma metodologia possível

Resumo

Apresentamos a metodologia aplicada na pesquisa que deu origem à nossa dissertação de mestrado “Deu no post: blogs como nova categoria de webjornalismo - um estudo de caso sobre o Blog do Noblat” , defendida em maio de 2007. Blogs são um fenômeno recente e ainda mais recente é o fato de serem objetos de estudo para pesquisadores, o que nos levou a adotar, ao longo de nossa pesquisa, um percurso metodológico não tradicional. Este foi se desenhando a partir do nosso trabalho de observação atenta e sistematizada do Blog do Noblat.

Aprovado para apresentação no GT 01 Comunicação, cultura e poder do II Congresso de Estudantes de Pós-graduação em Comunicação do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro/ Nov. 2007)
Texto na íntegra em PDF:
Blogs jornalísticos como objeto de estudo: uma metodologia possível
criado por Juliana Escobar    16:24 — Arquivado em: Artigos aprovados para apresentação em congressos

Blogs jornalísticos: propondo parâmetros para uma definição mínima

Resumo

Com o artigo, propomos parâmetros que permitam considerar blogs como veículos jornalísticos, partindo do princípio de que é necessário, antes de tudo, considerar a obediência aos princípios mais básicos do jornalismo, resumidamente: atualidade, novidade, universalidade, veracidade, periodicidade e difusão. Consideramos que o jornalismo de blog é herdeiro direto do webjornalismo. Adotamos um conceito mínimo de blog que se baseia tanto nas características técnicas deste mecanismo de publicação online quanto em suas potencialidades para a efetivação de um diálogo mais constante entre jornalistas e leitores. Nosso interesse centra-se no aspecto de trocas entre interagentes humanos e assim, ao final do artigo, propomos uma escala com cinco gradações diferentes para possíveis níveis de conversação explícita entre jornalistas / blogueiros e leitores/internautas com a utilização do mecanismo de comentários dos blogs.

Apresentado no V Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo - SBPJor (Aracaju / Nov.2007)
Texto na íntegra em PDF:
Blogs jornalísticos: propondo parâmetros para uma definição mínima
criado por Juliana Escobar    16:16 — Arquivado em: Artigos apresentados em congressos

Blogs e interação mútua: uma visão contextualizada

Resumo
Adotando uma perspectiva que considera os aspectos de continuidade mais do que os de ruptura ao
analisar o desenvolvimento das tecnologias de comunicação, entendemos que os blogs apresentam,
potencialmente, uma forma de efetivação no ambiente web do conceito de interação mútua
(PRIMO, 1998). As considerações apresentadas neste artigo integram a fundamentação teórica da
dissertação de mestrado defendida em maio de 2007, “Deu no post: blogs como nova categoria de
webjornalismo – um estudo de caso do Blog do Noblat”. Assim, abordamos também conceitos
relacionados ao jornalismo on-line tais como interatividade e hipertextualidade.

Apresentado no NP de Tecnologias da Informação e da Comunicação, do VII Encontro dos Núcleos de Pesquisa do Congresso Nacional da Intercom (Santos/ Ago. 2007)
Texto na íntegra em PDF:
Blogs e interação mútua: uma visão contextualizada
criado por Juliana Escobar    15:50 — Arquivado em: Artigos apresentados em congressos

Internet e uma nova gramática de troca e inclusão

Resumo

A idéia principal é: a Internet pode ser vista como uma tecnologia que dá continuidade a uma tendência de progressiva participação ou mesmo inclusão do corpo no processo de comunicação
mediada – tendência que teria tido início na chamada modernidade. A Internet demandaria dos agentes humanos movimentos sensório-corporais e outros, da ordem da cognição, que incentivariam o surgimento de um público mais participativo, típico da era digital que vem se configurando nas últimas décadas. A principal base conceitual são as idéias de Marshall McLuhan em sua obra Os meios de comunicação como extensões do homem.

Publicado na revista online Lumina, Volume 1, Nº 2, 2007
Texto na íntegra em PDF:
A internet e uma nova gramática de troca e inclusão
criado por Juliana Escobar    0:00 — Arquivado em: Artigos publicados em periódicos

20.1.09

A formação de comunidades virtuais no portal Comunique-se

Resumo

Este artigo investiga especificamente o site Comunique-se a fim de verificar se este portal possibilita a formação de comunidades virtuais. Como resultado, foi verificado que o “omunique-se oferece condições técnicas que possibilitam a formação de comunidades virtuais na medida em que mantém virtual settlements (lugares delimitados simbolicamente no ciberespaço) nos quais se observa a prática da interação mútua, permitindo duração prolongada (permanência) nas relações entre sujeitos interagentes. Inicialmente, fazemos algumas considerações sobre o conceito de comunidade e algumas alterações por que passou até o contexto atual, em que presenciamos o surgimento de comunidades virtuais. Elaboramos uma definição mínima que inclui alguns pré-requisitos necessários para a formação de comunidades virtuais no ciberespaço.

Publicado na revista online E-Compos Volume 5. 2006
Texto na íntegra em PDF
A formação de comunidades virtuais no portal Comunique-se
criado por Juliana Escobar    23:45 — Arquivado em: Artigos publicados em periódicos

Posts mais antigos »

Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://julianaescobar.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.